Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




História de Manoel Ribas
 


ANTIGA CIDADE DE MANOEL RIBAS

7 de Setembro

 

 

 

 

Ao fundo, casa laranja que hoje é a Comercial Ivaiporã

 

 

 

 

Construção da Escola Municipal Renato Siloto

 

 

 

 

Rua 7 de Setembro

 

 

 

 

Rua ivan Ferreira do Amaral Filho



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 21h47
[] [envie esta mensagem
] []





ASSOCIAÇÃO DE PROTEÇÃO À MATERNIDADE E A INFÂNCIA-APMI DE MANOEL RIBAS – PARANÁ

A APMI – Associação de Proteção à Maternidade e a Infância, entidade pública sem fins lucrativos, disposta a executar benefícios à comunidade detém projetos e cursos, que promovem os ensinamentos de novas profissões, recreações para as crianças e jovens, enfatizando o ensinamento de cultura e até mesmo atrás dela poder gerar renda. Contudo não é somente isto também há projetos que a profissionalização está presente, podendo estes auxiliar muitas famílias.



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 21h34
[] [envie esta mensagem
] []





CRAS – PAIF - CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTENCIA SOCIAL DE MANOEL RIBAS

O programa CRAS-PAIF teve início no município de Manoel Ribas no ano de 2005, e no mês de maio do mesmo ano, foi feita a construção no local destinado a ser sede do programa. O PAIF possui um papel estratégico, pois articula e integra os serviços sócios assistenciais, programas de transferência de renda e benefícios assistenciais, potencializando o impacto das ações de assistência social para as famílias nos territórios de abrangência dos Centros de Referência de Assistência Social. O trabalho a ser realizado é específico com as famílias cadastradas na área de abrangência, mas estende-se a população em situação de vulnerabilidade de todo município, inclusive pelo atendimento do programa bolsa família federal.  Atualmente são oferecidos cursos de capacitação e geração de renda como: horta comunitária; confecção de sabão caseiro; confecção de acolchoados, artesanatos manuais; construção de peças com jornal; entalhe de madeira e outros serviços como: corte de cabelo; reunião festiva com a santa missa uma vez por mês e matinês festivas; palestras do projeto “Saúde da Mulher”.

 



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 21h29
[] [envie esta mensagem
] []





A APAE de Manoel Ribas

 

Devido ao número significativo de portadores de DM, MD, e outras Síndromes, considerados os casos de risco que frequentavam o Ensino Fundamental já com índice alto de repetência, foi então estudada uma forma para ajudar esses alunos, e a solução encontrada foi a fundação de uma escola para atender esses alunos.  Assim em 29 de outubro de 1991, foi fundada a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais e no dia 05 de novembro de 1992 foi criada a Escola Especial que recebeu o nome de Escola de Educação Especial Rotariana Criança Feliz em homenagem ao Rotary Clube de Manoel Ribas. Em 1992 a Escola iniciou suas atividades em sede provisória doada pela Prefeitura Municipal, com um total de 25 alunos, 11 funcionários. Em 1993 mudou-se para o prédio doado pelo Sindicato Rural de Manoel Ribas e em 10 de abril de 1995 mudou-se definitivamente para sede própria localizado à Rua 7 de Setembro, 651, construída com recursos financeiros obtidos pela SEED, PROVOPAR e comunidade, cuja construção foi planejada e construída com os fins que se destina.



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 21h12
[] [envie esta mensagem
] []





CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO IRMÃ MARIA APARECIDA DA CRUZ

(Ronaldo L. Grochoski)

Tendo em vista as necessidades enfrentadas pelas famílias no que diz respeito ao cuidado com seus filhos, o Centro de Educação Infantil Irmã Maria Aparecida da Cruz foi criado para atender crianças de 0 a 6 anos.



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 21h08
[] [envie esta mensagem
] []





ESCOLA MUNICIPAL ALBERTO STIPP



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 21h02
[] [envie esta mensagem
] []





ESCOLA MUNICIPAL RENATO SILOTO

A atual Escola Municipal Renato Siloto – Ensino Fundamental teve início em 16 de maio de 1958, com a denominação de Grupo Escolar Professora Reni Correia Gamper, com o Decreto nº. 167/58. Em 17 de junho de 1981 altera a denominação de Grupo Escolar para Escola Estadual Professora Reni Correia Gamper – Ensino de Primeiro e Segundo Graus, passando em 30 de dezembro de 1983, para Colégio Estadual Professora Reni Correia Gamper – Ensino de Primeiro e Segundo Graus, com resolução nº. 4368/83. Com a resolução 5503/93, autoriza o funcionamento do curso de 2° grau, Educação Geral, pelo prazo de dois anos, com implantação gradativa a partir do inicio do ano letivo de 1993. Somente a partir de agosto de 1993, com a Resolução nº. 5287/93, é suspenso em caráter definitivo a atividades escolares, relativas a quatro primeiras séries do 1º grau do Colégio Estaduais Professora Reni Correia Gamper – Ensino de Primeiro e Segundo Grau passando o mesmo denominar-se Colégio Estadual Professora Reni Correia Gamper – Ensino de 2° Grau. Através do decreto nº. 39/93 o Prefeito Municipal no uso de suas atribuições legais decreta no artigo 1° - Escola Municipal Manoel Ribas – Ensino de 1º Grau localizado a Rua 1° de maio, na sede do Município, passando a ser municipalizada pela resolução n° 5301 de 15 de outubro de 1993 até o ano de 1996 com a Resolução n° 4676/96 de 03 de janeiro de 1997, teve nova mudança de nome para Escola Municipal Renato Siloto – Ensino de 1° grau.



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 20h52
[] [envie esta mensagem
] []





A Escola Santa Maria Madalena Postel – Educação Infantil e Ensino Fundamental

A Escola Santa Maria Madalena Postel – Educação Infantil e Ensino Fundamental, instituição filantrópica, com turnos matutinos e vespertinos. Mantida e administrada pela Sociedade Beneficente Santa Maria Madalena Postel.
No ano de 1974, é fundada uma Comunidade das Irmãs de Santa Maria Madalena Postel, na cidade de Manoel Ribas/PR, onde as Irmãs assumem o trabalho de pastoral na Paróquia Santo Antônio, e ao mesmo tempo serviços profissionais como Professoras na Escola pública da cidade. Em 1977, percebendo a necessidade de um trabalho mais específico na área da Educação Infantil, que não existia na cidade. As Irmãs fundam uma pequena escola “A Patotinha”, onde são atendidas muitas crianças da etapa da Educação Infantil.

 

No ano de 1996, acontece à ampliação da clientela atendida e a escola “Escola Santa Maria Madalena Postel”, passa a oferecer também o Ensino Fundamental de 1ª a 4ª Série, no ano de 2000 o Ensino Fundamental de 5ª a 8ª Séries, em 2007, seguindo determinação do CEE/PR, a escola implanta o Ensino Fundamental de 09 (nove) anos gradativamente. A Escola Santa Maria Madalena Postel tem por finalidade promover a formação e o desenvolvimento humano em todas as dimensões, para melhor contribuir e promover a igualdade de oportunidades, sendo um suporte adicional para uma melhor formação. No prédio da Escola Santa Maria Madalena Postel ainda funciona a UNOPAR.



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 20h39
[] [envie esta mensagem
] []





Escola Municipal Lauro Müller Educação Infantil e Ensino Fundamental

 

(Ronaldo L.Prefeitura Municipal)

 

A partir de 2007, a escola passou a denominar-se Centro Municipal de Educação Infantil Branca de Neve e no ano de 2008 foi solicitado a mudança de denominação e implantação do Ensino de Nove anos, do 1º ao 5º ano, denominado assim Escola.



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 20h29
[] [envie esta mensagem
] []





ESCOLA ESTADUAL NEREU REMOS – ENSINO FUNDAMENTAL

 

As dificuldades foram muitas para trazer o Ginásio para o Município. Alguns professores aposentados que conversamos nos contou que ano a ano “formavam” alunos de 1ª a 4ª série, (antigo primário) e parava por ai sua escolaridade. Sentindo necessidade de investirem na conquista de um Ginásio para Município começa então uma saga a procura de apoio dos políticos, da comunidade, etc. Pode se dizer que através dos saudosos, bispo Dom Frederico e do prefeito Lauro Muller, conseguiram o tão sonhado Ginásio. Na região não haviam professores formados para lecionar, então foram atrás de professores de Pitanga, que enfrentavam aproximadamente uns 50 quilômetros ou mais, de estrada de chão, (segundo os entrevistados essa quilometragem condiz com as estradas da época, hoje sabemos que através de análise da topografia do terreno, pode-se aumentar ou diminuir a quilometragem, quando se vai asfaltar uma estrada), Nesse caso, pra nós a distância até Pitanga diminuiu. Pois bem, já possuíam autorização para o funcionamento do Ginásio, foram construídas salas para receber os alunos (seminário), os professores viriam de Pitanga, só que no primeiro ano, não deu pra escola começar a funcionar por falta de alunos. Somente em 1970, as aulas ginasiais tiveram seu início.
Gestão atual:JOÃO OTÁVIO KOBILL
                     MARLENE SCHOTEN



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 20h22
[] [envie esta mensagem
] []





A pessoa designada para ser a professora da escola recentemente construída na comunidade, era a Professora Reni Correia Gamper que viera juntamente com seus pais, nas expedições dos desbravadores, muito comuns na época. Foi nomeada através do decreto nº. 9582 de 24 de fevereiro de 1940, pelo Interventor Federal do Estado do Paraná Manoel Ribas, conforme documento de contratação.
Através do depoimento realizado com D. Mercedez Gamper filha de D. Reni Correia Gamper, foi possível saber que para realizar as aulas sua mãe (Reni) se deslocava da fazenda onde morava com seus pais e seguia a cavalo na companhia de seu irmão, pois a família achava muito arriscado que ela fosse sozinha.
Segundo fontes orais cedidas por antigos e filhos de antigos moradores da época (1940) a escola funcionava atendendo os filhos dos colonos e demais crianças da redondeza. Era composta de uma única sala de aula que atendia alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries.

Fotos cedidas por Cibila H. Kobill



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 22h17
[] [envie esta mensagem
] []





“ÁRDUA LUTA! - SE POUCO FEZ, MUITO QUERIA FAZER.”

Com colonos pioneiros procedentes do Sul do Estado de Santa Catarina, Manoel Ribas é constituído principalmente por colônias de imigrantes de descendentes alemães, ucranianos e italianos, seguindo-se por poloneses, portugueses e japoneses. Algumas das tradições são mantidas por essas comunidades preservando a cultura, usos e costumes. Em 1954, a localidade de Campina Alta, então Distrito de Pitanga, fazia por merecer sua elevação a município e, através de movimentos de seus moradores, o objetivo foi alcançado e a partir de 5 julho de 1955 a localidade de Campina Alta, tomando o nome de Manoel Ribas, é emancipado, (homenagem ao Interventor do Paraná que durante 13 anos comandou a política do Paraná) e através da Lei Estadual nº2. 398, elevado à categoria de Município, cuja instalação oficial ocorreu no dia 8 de janeiro de 1956, (data comemorada todos os anos) com a posse do primeiro prefeito eleito Sr. Raul Ferreira Messias, na mesma data foi empossada a Câmara Municipal, que a partir dessa data passou a pertencer à Comarca de Ivaiporã. Tempos esses, em que grande parte dos esforços dos cidadãos, da localidade na época, começava a aflorar, com a conquista e abertura da primeira Prefeitura Municipal. Mas todos tinham consciência e sabiam que havia muito por fazer, muito por descobrir, muito por conhecer. E é muito importante registrar que os então eleitos não tinham salários. Estavam dispostos mesmo era de trabalhar e ver o progresso chegar à região que os haviam acolhidos como morada. As fotos retratam o início do desenvolvimento e trabalhos dos pioneiros. As máquinas abriam caminhos não só das ruas e estradas, mas também caminho para o progresso que todos buscavam. O meio de transportes se resumia em alguns poucos caminhões, tratores, carroças e charretes, pois eram muito caros e, além disso, os lugares onde faziam as roças, muitas vezes em morros não era possível usar esse tipo de transporte. O ideal eram os carros de bois, que os auxiliavam o tempo todo, seja na colheita quando transportavam as safras, seja para buscar alimento para o gado, os bois também eram usados no plantio da lavoura. Em algumas propriedades da região ainda é possível encontrar carros com tração, nesse caso o boi. Em 1951, o Padre João Koenich foi designado para assumir como primeiro Pároco da então recém criada Paróquia de Campina Alta, que é a atual Paróquia Santo Antônio. A população, agora já tinha o local onde podiam realizar seus casamentos, batizados, passaram a ter um local sagrado para assistirem missa e ouvirem os ensinamentos do Padre. Atualmente uma das mais importantes comemorações religiosa é quando se comemora o Dia de Santo Antônio de Pádua, Padroeiro do Município, cuja festa é celebrada no dia 13 de junho, dia em que é decretado feriado municipal. Temos também a Festa de São Cristovão no 2º domingo de novembro; a festa de Nossa Senhora da Salete em 19 de Setembro; e a festa na Igreja Ucraniana no último domingo de maio e também no dia 19 de outubro.



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 21h59
[] [envie esta mensagem
] []





Cultura e Meio Artístico

Marilice Perazzoli Collin

Manoel Ribas se destaca não somente elas belezas de suas paisagens, mas também pelo brilho e talento de seus munícipes que de uma forma ou de outra está sempre em busca de seus ideais e naquilo que acredita. Como não poderia deixar de ser, abrimos espaço para mostrar o talento e a beleza da nossa MISS PARANÁ/94: Marilice Perazzoli Collin. Formada pela UNIVALI no curso de Administração e, Direito pela Universidade TIUITI. Hoje é especializada e pós-graduada em Direito Ambiental e exerce a profissão de advogada na cidade de Curitiba. Teve uma linda filha, que hoje está com sete anos e se chama ALICE, em homenagem a sua avó materna.

 

 

 

Lana Rodes

Destaca-se a também manoelribense, LANA RODES, hoje atriz contratada da REDE RECORD e cantora brasileira. Lana integrou no grupo das PAQUITAS GERAÇÃO 2000. O grupo foi eleito no final de Março de 1999, mas começaram atuar mesmo para valer no começo de Outubro de 1999. Depois, a cantora, e atriz, faria um teste para um papel na telenovela Alta Estação, ainda em fase de produção, que viria a ser exibida ainda em 2006 na Rede Record Aprovada, Lana interpretou Flávia, uma das protagonistas da trama. Com o cancelamento da produção, em 2007 a atriz foi convidada para integrar o elenco de Caminhos do Coração, enquanto ao mesmo tempo tinha aulas de interpretação e canto com Camila Amado e Tadeu Mathias, respectivamente. Com o sucesso de Caminhos do Coração, os dirigentes da Rede Record aprovaram um programa, que seria exibido logo após o seu final, e Lana foi uma das atrizes a continuar no elenco após a transição para Os Mutantes e Caminhos do Coração ainda no papel de Esmeralda. Lana Rodes, 23 anos, que recentemente interpretou a Esmeralda na novela Os Mutantes, da Record, está feliz da vida. A atriz é mãe pela primeira vez. Casada com o músico Sérgio Knust, guitarrista da banda Yahoo, a jovem é mamãe de uma menina, de nome Manuela.

 

 

 

 

Fernanda Pogorzelski Borges Golba

Fernanda estudou na Escola estadual Nereu Ramos e concluiu o Ensino Médio no Colégio Reni Correia Gamper. Fernanda fala basicamente sua obra de amor, paixão, solidão, sensações, sentimentos que só a mente humana conhece canções que fala no olhar, melodias que vem da alma.

“Vê Deus nas gotas de chuvas que cai no telhado e, transforma o eco dos pingos d' água em amor, poesia e prosa. Sabe ver o belo onde ninguém mais vê. Observadora, persistente, e acima de tudo acredita em si mesma.” Essa é sua primeira Obra, publicada em novembro de 2009, “AMOR PERPÉTUO”, foi escrito para os apaixonados e amantes da boa poesia, para o jovem, velho,o acompanhado ou o solitário. Não há idade, nem estado de espírito para se ler ou recitar uma poesia. Basta a mente e coração estarem no mesmo compasso..

 

 

 

 

Vilmair José Gerber e Abertina Ivete Rech Gerber

No meio cultural também destacamos, o trabalho de VILMAIR JOSÉ GERBER, (vereador), pelo seu talento em escrever versos, rimas e prosas. Autor da Letra do Hino do Município. Em parceria com sua esposa ALBERTINA IVETE RECH GERBER (professora), escreveram e publicaram o Livro de Poesias “RIMAS AO VENTO”. (talentos de nossa Terra).  Capa do livro:

 

 

 

 

Marina Viana Pereira

 

É membro de Aliança da Comunidade Missionária Servos da Misericórdia. Tem formação em Pedagogia, trabalha na EMATER, atuando na Extensão Rural de Manoel Ribas.
Foi Ministra Extraordinária da Eucaristia por doze anos e Coordenadora da Redenção Carismática Católica por cinco anos na Paróquia Santo Antônio de Manoel Ribas – Paraná.
Foi Coordenadora das Santas Missões Populares na Paróquia Santo Antônio (Diocese de Guarapuava-ano 2000/2002).
É Presidente da Associação Comunitária da Comunicação de Manoel Ribas ACOMAR, QUE EXECUTA O Serviço Comunitário de Radiodifusão através da Rádio Fonte de Água Vida, FM – 104,9.
Publicou dois livros: o primeiro em 2009 com o titulo “A CRUZ DE CRISTO”; Em fevereiro deste ano, um novo livro é publicado com o titulo “O FOGO E NÓS”.
Capa dos Livros:








Evaldo Miller - Barra Santa Salete
Nascido em 01 de outubro de 1945, em Barra Velha no Estado de Santa Catarina, veio para o Estado Paraná com apenas 4 anos de idade, onde passaram a residir na cidade de Cascavel até 1981 quando passou a residir em Barra Santa Salete.
Escultor talentoso, com trabalhos espalhados por toda região, na Polônia e Alemanha. Por ocasião de visitas a Congregação aqui no Brasil, alguns Párocos desses países, vieram a conhecer seu trabalho e lhe encomendaram as esculturas: NOSSA SENHORA DA SALETE (Polônia) e um baú no formato da Cabeça de Cristo, cuja tampa esculpiu Nossa Senhora da Salete (Alemanha).
Para região fez Cordeiro Pascoal, Via Sacra, Nossa Senhora de Fátima, Móveis do Pubistério, Papa João Paulo II, Manoel Ribas.
Dois Bispos pirografados para localidade de Barra Santa Salete.
Para localidade de Vila Nova, município de Pitanga fez Conficionário no modelo de Cristo com os braços abertos. Grandes Rios e Rio Paciência fez o altar.
Para Paróquia São Jorge em Curitiba fez Crucifico de Jesus e esculpiu também São Jorge. Para Rosário do Ivaí fez diversos trabalhos como Nossa Senhora do Rosário, Cristo Morto, Cristo Ressuscitado e um grande Rosário que circula o túmulo do Padre Estanislau Borysiack entre outros trabalhos. Evaldo Miller, hoje aposentado continua residindo em Barra Santa Salete.



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 21h01
[] [envie esta mensagem
] []





Prefeitos de Mr ao longo dos anos



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 17h00
[] [envie esta mensagem
] []





A equipe Ranca Toco participa de competições em várias cidades, incluindo Manoel Ribas. Quando os trilheiros não estão competindo, se reunem pa ir à sua própria trilha onde os obstáculos são muitos. Hoje já são mais ou menos 15 Km de trilhas abertas com diversos obstáculos.

E o primeiro encontro foi em 2007, a partir daí os encontros não pararam de acontecer e logo se tornaram um marco na cidade.

Fotos cedidas por Ivan Dirceu de Carli:

 



Escrito por 7°A - Professora Samira Yusuf às 21h27
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]